Ondas de Rádio emitidas por outra Galáxia


Há algo muito estranho ocorrendo em uma galáxia próxima chamada M82, um objeto desconhecido começou a enviar ondas de rádio, coisa que nunca foi presenciado em qualquer outro lugar do universo anteriormente. O descobridor do fenômeno, Tom Muxlow, do centro de Astrofísíca, Jodrell Bank, no Reino Unido, disse "Não saber do que se trata" e que foi descoberta por acaso, quando Muxlow e seus colegas estavam estudando uma explosão estelar próxima a M82 utilizando o telescópio Merlin, quando um ponto brilhante de emissões de rádio apareceu, não parece o tipo de emissão de rádio normalmente recebido de supernovas: elas normalmente ficam brilhantes durante poucas semanas e vão perdendo o brilho nos meses seguintes. A fonte não mudou de intensidade de brilho durante todo o ano e o espectro das ondas enviadas também é o mesmo.


Além de tudo o objeto está se movendo. E rápido. Cientistas estimam que sua velocidade seja aparentemente de quatro vezes a velocidade da luz. Velocidades assim segundo a teoria da relatividade não poderiam existir, mas diversas observações e experimentos científicos realizados recentemente têm dado indícios de que existiriam alguns fenômenos mais rápidos do que a luz. Observações astronômicas de galáxias distantes, por exemplo, descobriram jatos imensos de partículas atômicas e de energia, irradiando a partir de estrelas que explodiram, a uma velocidade que parece ser maior do que a da luz (o chamado "movimento superluminal"). Outras estrelas, chamadas pulsares, giram ao redor de si mesmas a uma grande velocidade, emitindo feixes de luz e outras radiações como se fossem um farol marítimo. Pois bem, existem vários pulsares que completam uma rotação em poucos milissegundos: para isso eles teriam que exceder a velocidade da luz. O próprio Universo teria que ter se expandido desde o Big-Bang a uma velocidade maior do que a luz para atingir as dimensões atuais (que parece ser muito maior do que a que conseguimos medir).

Como fica então a teoria da relatividade? Será que ela está errada? Em ciência não existem teorias e leis sagradas: basta alguma observação contradizê-las que será necessário propor uma outra teoria,ou uma modificação de teoria já existente, para levar em consideração os novos dados. Estaria na hora de fazer uma revisão da teoria da relatividade? Talvez não. Muitos desses fenômenos observados podem ter outra explicação, ainda não idealizada, e que não violam os preceitos da teoria da relatividade. Aliás, existem várias exceções conhecidas e admitidas pela teoria da relatividade ao limite máximo da velocidade da luz. Por exemplo, imagine uma tesoura infinitamente grande. Se fecharmos essa tesoura a uma velocidade muito grande, o ponto de intersecção das duas lâminas se deslocará para a frente a uma velocidade cada vez maior, à medida que as lâminas ficarem cada vez mais paralelas (próximas uma da outra). Teoricamente, então, esse ponto pode exceder a velocidade da luz em um determinado momento. Outro exemplo: se um feixe de luz laser for jogado sobre uma superfície muito distante, qualquer pequeno movimento na origem do feixe deslocará o ponto de projeção sobre essa superficie a uma velocidade muitas vezes maior. Se essa distância for extremamente grande, a velocidade de deslocamento do ponto de projeção poderá exceder a velocidade da luz! Ainda existem muitas explicações possíveis para os fenômenos que aparentemente são superluminais. Mas se eles forem comprovados, terá seguramente chegada a hora de uma nova revolução na ciência. Precisaremos de um novo Einstein para fazê-la...


A a possibilidade de um microquasar em pequena escala. Um microquasars é formado depois de explosões estelares, deixando para trás buracos negros com massa em cerca de 20 vezes a massa solar. Eles emitem ondas de rádio, mas nenhuma emissão capturada até hoje foi tão forte quando esta. Esse tipo de fenômeno, de acordo com a teoria dos cientistas, pode ser mais comum em M82 por ser uma galáxia onde as explosões estelares são tradicionais.
 
FONTE:

16 comentários:

  1. ah tá certo mas tá errado

    ResponderExcluir
  2. Cara, da uma arrumada ai e uma pesquisada, NADA, EXATAMENTE NADA, pode ser mais rápido que a velocidade da luz no vacuo (espaço), einsten mostrou isso, e fisicos modernos provaram isso, é uma das formas de viagem no tempo (futuro) que envolve aproximar uma molécula da velocidade da luz, onde naturalmente ela seria retardada e ficaria lerda (camera lenta) sem atingir a velocidade da luz, foi provado no LHC (acelerar de particulas da cern).

    ResponderExcluir
  3. Nem precisa pesquisar nada não...a fonte é confiavél...o inglês do cara desse blog é que não é, pois lá diz que essa velocidade 4x maior q a da luz é uma velocidade aparente, decorrida do efeito "superluminal".Na verdade continua sendo menor que a da luz é claro!

    ResponderExcluir
  4. Entreguem logo as esferas do dragão para eles que é melhor para todos nós.isso ái é o Vegeta e o Napa.

    ResponderExcluir
  5. Parei de ler quando vi " quatro vezes a velocidade da luz. " #TáSabendoHein...

    ResponderExcluir
  6. Materiais que "saem de buracos negros"... Oo É pelo que me consta Nada sai de um buraco negro, nem mesmo a luz quanto mais algum tipo de materia!!!

    ResponderExcluir
  7. "Cientistas estimam que sua velocidade seja de quatro vezes a velocidade da luz. Velocidades assim só foram registradas em materiais que saíam de buracos negros."

    Caralho não acredito que li isso...

    ResponderExcluir
  8. Gostei da piada hehe. Foi engraçado

    ResponderExcluir
  9. que bosta de post mano, sem palavras.

    ResponderExcluir
  10. ... ficou provado que nada pode quebrar a velocidade da luz, mas existem particulas que tem velocidade maior que a da luz, pesquisem antes de falar asneiras.

    ResponderExcluir
  11. Ah, tah ali, foi mal.

    ResponderExcluir
  12. Tenso o negócio do buraco negro...
    O universo é e sempre será cheio de mistérios! :D

    ResponderExcluir
  13. ...NÃO SABIA QUE ONDAS DE RÁDIO EMITEM LUZ!

    ResponderExcluir
  14. O que importa galera é que Jah sabe e Jah vê , não cabe a nós discutirmos o quanto pode chegar a velocidade de um objeto ,de um feixe de luz etc. ,tudo isso discutido é imenssurável diante de nossa proproção , um alguns de nós descubriremos.
    mas aí vai minha questão : Se o homem não consegue provar e nem consegue explicar fenômenos como a existencia de uma conciencia nele mesmo como posso afirmar que o limite de velocidade universal é 299 792 458 metros por segundo ?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentario, opinião, ou sugestão:

Related Posts with Thumbnails